Os fundamentos da iniciativa alemã “Industrie 4.0”, ou quarta revolução industrial, são os seguintes:

  • Sistemas cíber-físicos;
  • Computação em nuvem;
  • Internet das coisas.

No contexto da plataforma Mineração 4.0, estes fundamentos geram o conjunto de ferramentas para implantação da Indústria 4.0.

Neste contexto, pensar em um novo conceito para a indústria pode:

  • Facilitar a visão e execução de “Plantas Inteligentes”, com estruturas modulares;
  • Contribuir para o aumento da produtividade pela modernização dos processos embasada em tecnologias digitais.

São seis os princípios de projeto na Indústria 4.0. Esses princípios orientam as empresas a identificarem e a implementarem cenários previstos em um ambiente moderno, baseados nos conceitos da “Industrie 4.0”:

  • Interoperabilidade: a habilidade dos sistemas cíber-físicos, dos humanos e das plantas inteligentes de se conectarem e se comunicarem entre si através da Internet das Coisas e da Computação em Nuvem;
  • Virtualização: cópias virtuais de uma planta inteligentes podem ser criadas por sensores interconectados (que monitoram processos físicos), a partir de modelos de realidade virtual e de modelos de simulação;
  • Descentralização: a habilidade dos sistemas cíber-físicos das plantas inteligentes de tomarem decisões sem intervenção humana, que pode ser determinante para o aumento da segurança e a racionalização do uso de recursos;
  • Operação em Tempo Real: a capacidade de coletar e analisar dados dinamicamente e entregar conhecimento derivado dessas análises imediatamente, podendo ter decorrências disruptivas nos processos de tomada de decisão e de monitoramento;
  • Orientação a Serviço: a visão dos elementos constituintes de processo (dos sistemas cíber-físicos, dos recursos humanos ou das plantas inteligentes) como serviços e a sua disponibilização através da Computação em Nuvem, abrindo novas perspectivas de análise, de modelagem e de interoperabilidade destes recursos;
  • Modularidade: a adaptação flexível das plantas inteligentes para requisitos mutáveis pela reposição, reorganização ou expansão de módulos individuais, contribuindo mais uma vez para a racionalização do uso de recursos e para o aumento da produtividade.

“Industrie 4.0” X Mineração 4.0

  • Outras iniciativas similares;
  • Desafio: como adaptar “Industrie 4.0” no processo de mineração.
Categories:

Related Posts

Notícias

PIB do Peru cresceu 2,50% em 2017, estimulado por mineração

A economia do Peru cresceu 2,50% em 2017, estimulada pela mineração, pelos hidrocarbonetos e pelo setor agropecuário – informou o Instituto Nacional de Estatística e Informática (Inei) nesta quinta-feira (15). ”O resultado da produção nacional em Read more…

Notícias

Demanda mundial cai 7% em 2017

Apesar do aumento de 6% no último trimestre, alcançando 1.095 toneladas, a demanda global por ouro caiu 7% no ano de 2017, com um volume de 4.071 toneladas, de acordo com o World Gold Council. Read more…

Notícias

Fortescue vê custo de produção de minério de ferro em mínima histórica

A mineradora australiana Fortescue disse que seus custos de produção de minério de ferro no último trimestre atingiram mínimas históricas e que espera uma retomada na demanda a partir de março, o que levou a Read more…